Recomendações de Buziosblog

Nossos Parceiros

Praia Ferradurinha Recomendamos

Espelho das Águas

Se você está pensando em Búzios, a badalada praia de Geribá imediatamente será a imagem mais lembrada (recordada). Que tal organizar uma festa de Réveillon, um aniversário de alguma data memorável com amigos ou um casamento a beira mar, talvez descansar uns dias reunindo toda sua família. Espelho das Águas é o lugar ideal, seu belíssimo jardim de 5.400 m², idealizado pelo paisagista Burle Marx, se estende em frente às areias da praia de Geribá.... .

Espelho das Águas Espelho das Águas

Club La Plage

É um lugar de sonhos em um ambiente prazeroso que lhe permitirá desfrutar ao máximo sua estadia, ideal para casais em Lua de Mel, jovens ou adultos. Um dos destinos mais bonitos do Brasil, com um clima excelente todos os dias do ano e uma atenção especializada.

Club La Plage Club La Plage

Hotel La Forêt

A Pousada La Forêt está localizada na famosa península de “Armação dos Búzios”, a 200 metros das praias de “João Fernandes”, "Azeda", "Azedinha" e a mesma distância da "Praça dos Ossos", onde começa a grande variedade de restaurantes e lojas de Búzios.

Hotel La Forêt Hotel La Forêt

Mata Hari

Restaurante e Apartamentos, com localização privilegiada frente ao mar, com acesso direto a Orla Bardot, a 600 metros da Rua das Pedras e proxima às mais belas praias de Búzios..

Mata Hari Mata Hari

Pousada Repouso do Guerreiro

Nossa pousada esta localizada em Geribá a 30 metros da servidão que conduz a areia, em um dos locais mas nobres da praia e do bairro. Nossa estrutura permite o conforto e tranquilidade que você procura em seus dias de descanso, com variedade de acomodações que atenderão suas necessidades

Pousada Repouso do Guerreiro Pousada Repouso do Guerreiro

Pousada Solar de Búzios

A 300 metros da Praia de Geribá, Solar de Búzios oferece toda a estrutura que você precisa, num ambiente exclusivamente decorado pelos donos com objetos e lembranças de suas viagens pelo mundo...

Pousada Solar de Búzios Pousada Solar de Búzios

Pousada Terra do Mar

Ferradura e uma praia que tem a particularidade de ter águas calmas e cristalinas, ao largo de suas areias grandes mansões aproveitam de essa tranquilidade o ano todo, si você pretende aproveitar de essas características em suas férias, Terra do Mar é o lugar indicado.

Pousada Terra do Mar Pousada Terra do Mar

Hotel Ville La Plage

A pousada Ville La Plage possui uma privilegiada localização dentro da península de “Armação dos Búzios”, em frente ao mar, na belíssima praia de João Fernandes. Nossos hóspedes encontrarão todas as instalações necessárias para desfrutar plenamente da sua estadia: bar e restaurante, coffee-shop, onde poderão desfrutar do mais completo café da manhã brasileiro com vista ao mar.

Hotel Ville La Plage Hotel Ville La Plage

As Baleias de Búzios

Foto 1 Baleia de Bryde, emergindo do lado de nosso barco. Há algum tempo publiquei aqui “Búzios, os passeios de barco e sua fauna marinha e prometi adicionar um post destinado às Baleias de Búzios. Hoje, dia 19 de Janeiro, completa um mês que o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou um Decreto, onde declarou que todas as águas marinhas sob jurisdição brasileira tornaram-se santuário de baleias e golfinhos, em comemoração aos 21 anos da Lei Federal que impede sua caça em águas jurisdicionais Brasileiras Foto 2 Baleia de Bryde curioseando nosso barco.
Armação dos Búzios deve seu nome a uma antiga Armação (Fábrica ou factoria) Baleeira, que funcionava na praia que ainda leva esse nome. Ali se descarnavam as baleias e o óleo extraído era usado para várias finalidades, incluindo iluminação pública e construção civil. Posteriormente despejavam os esqueletos na à praia ao lado, ate hoje chamada Praia dos Ossos.
Dentre algumas poucas lembranças que se têm dessa época, permanece a Igreja de Sant’Ana e outras casas coloniais nas praias de Armação e dos Ossos que foram construídas com óleo de baleia. Além de alguns restos de ossos pendurados (colgado) em um ou outro restaurante. Porém, pouca coisa ainda perdura na memória dos moradores e sobretudo, das autoridades locais, personagens importantes da história do município.. Tudo parte de um menosprezo tácito: a cultura e história da cidade. Parece que a história de Búzios começa a partir da visita ilustre de Brigitte Bardot na década de 60. Mas esta é outra história...
Como amante do mar e navegador costumeiro, era de se esperar que eu estivesse acostumado às aparições de cetáceos. Porém, mesmo marinheiros com mais de 20 anos de experiência no mar (como meus amigos e colegas de expedição Felix e Leonardo), ou a Bióloga Bruna Pagliani (que já viu baleias de tamanho e espécies diferentes em vários lugares), assim como eu, sentimos uma emoção incomparável a cada encontro. E são muito mais freqüentes do que todo mundo imagina.
Foto 3 Bryde pulando frenteao Barco

Em Búzios há apenas duas embarcações que têm maiores possibilidades de encontrar as baleias, por serem os únicos que podem sair com absoluta segurança para o a mar aberto. Isso se dá porque são barcos infláveis semi-rígidos (gomones). Um é o Buziosnauta, com um pouco mais de 14 metros de comprimento (eslora). O outro é o Libertas, com aproximadamente 13 metros. Se as condições do mar forem confortáveis para os turistas, ambos percorrem um trajeto até a praia de Geribá, localizada no lado S da península e, portanto, em área de mar aberto. Nesse percurso existe um faixa que vai da Ilha Branca até a entrada da praia de Ferradura, onde as Baleias são vistas com maior freqüência (veja no mapa). Nesse local, a profundidade próxima às encostas varia de 18 a 23 metros, chegando a 45 metros em menos de uma milha náutica de distância da costa.
Búzios_Whale_Zone Com menos freqüência as baleias entram na enseada de Búzios e podem ser vistas desde as praias de João Fernandes a Azeda. No entanto, com um pouco de sorte pode-se avistar os borrifos (que se vêem a quilômetros de distância, quando a visibilidade está boa), ou se o animal estiver mais perto, até sua nadadeira dorsal é possível de ser visualizada a partir do Mirante de João Fernandes - o lugar onde com certeza todo turista visita.Foto 10 Baleia de Bryde en João Fernandes Mas nada será mais espetacular do que estar em um barco e poder ter a chance de ver de pertinho esses animais tão surpreendentes! Sem avisar a ninguém a tripulação desligará o som e mudará repentinamente de rumo. Nós jamais desviamos da rota sem ter absoluta certeza de ter visto os borrifos pelo menos duas vezes, com isso não criará uma falsa expectativa nos turistas e o capitão saberá o rumo da Baleia. Faltando umas duas milhas náuticas, desliga-se a sonda para que o ultra-som emitido por ela não a perturbe e avisa-se aos turistas e que mantenham silêncio. Tomam-se essas precauções para ter a maior aproximação possível, evitando incomodá-lo. 
DSCF9344As reações dos turistas são diversas, uns incrédulos totalmente (já ouvi várias vezes que éramos uns mentirosos, como poderia ter baleias ali) e outros que vêem em qualquer marola a presença de Moby Dick. Acho que algumas das fotos postadas aqui descrevem melhor a situação.Foto 6 Outros encontros entre Baleias de Bryde e turistas. 

Quero fazer menção especial ao Grupo de Estudos de Mamíferos Marinhos da Região dos Lagos (GEMM-Lagos) que atua na Região norte Fluminense há mais de dez anos, no qual fazem parte o prof. Dr. Salvatore Siciliano e outros biólogos, como a nossa parceira e amiga Bruna Pagliani S. Di Dario. A Bruna colabora com fotos neste post. Ela faz um trabalho magnífico, monitorando as Baleias de Bryde (Balaenoptera edeni) em nossa península. Os embarques são realizados três vezes por semana, quando são feitas as medições de temperatura e salinidade da água em algumas praias. Na ocasião da avistagem de cetáceos, a localização e a profundidade são registrados com ajuda de GPS e sonda presentes no barco, além da identificação da espécie, do número de indivíduos e o comportamento.
Foto 4 Mãe e Filhote na ponta do Criminoso
Baleias de Bryde (Balaenoptera edeni): pouco se conhece sobre esta espécie.  Até pouco tempo atrás a baleia de Bryde era confundida com outra espécie de baleia bem semelhante, a Baleia Sei. A característica principal que a diferencia desta última é a presença de três cristas que possui em sua cabeça. Possui coloração cinza escuro dorsalmente, cinza clara em suas laterais e branca em sua parte inferior. Sua nadadeira dorsal é similar a uma quilha de prancha de surf e está posicionada próximo à cauda. Seu tamanho pode chegar a 15,5 metros e pesar 25 toneladas. É uma baleia esguia e muito ágil, quando comparada à sua prima baleia Jubarte. É vista geralmente aos pares (inclusive mãe e filhote) ou solitárias. Aqui em Búzios já vimos até oito indivíduos separados por 1000 metros de distância, alimentando-se. Sua dieta é composta de sardinhas ou outros pequenos peixes, além de pequenos crustáceos (animais parecidos com camarõezinhos) freqüentes na região. As baleias de Bryde não são migratórias, vivem o ano todo em águas tropicais e subtropicais, podendo ser encontradas próximas à costa. Foto 8 Baleias Jubarte mãe e filhote em Búzios. Devido à sua característica de não formar grandes grupos, como as Baleias Francas e Jubartes (que tem lugares específicos para reprodução, maternidade, etc.), às vezes sua visualização pode ser dificultada. Atualmente um tipo de turismo, o Whale Watching ou observação de Baleias, se beneficia desses locais onde há grandes concentrações de baleias e está se tornando cada vez mais freqüente ao redor do mundo.
Foto 7 Baleia franca amamentando seu filhote, frente a Praia BravaQuem sabe futuramente, terminados os estudos que estão sendo realizados por aqui, Búzios poderá ser também um lugar de observação de baleias de Bryde. E porque não dizer cetáceos, já que outras espécies de cetáceos (baleias Jubartes, baleias Francas, Orcas e golfinhos) aparecem de vez em quando por aqui também, como a gente pode observar nas fotos que postei.Foto 9 Orca e filhote, o maior dos golfinhos.

10 comentários:

Tony disse...

Muy buen artículo, Claudio, ya sé qué excursión voy a hacer la próxima vez que vaya por Búzios. Navegar cerca de las ballenas es una experiencia inolvidable.

¿Hay alguna época especial en las que se produzcan más apariciones de las ballenas de Bryde? Ya me imagino que las yubartas y las francas aparecen en la época de sus migraciones, pero no sé qué pasa con las de Bryde.

¿Y las orcas? He visto varias especies de delfines en diferentes lugares del planeta, pero me faltan las orcas.

Un abrazo.

CGP disse...

Tony: Por lo que tenemos visto Ballenas de Bryde, están presentes durante todo el año en la región. Con más frecuencia, cuando cardúmenes de sardinas están presentes, su principal alimento. Mas ya la hemos visto sin la presencia de ellas, muchas con sus ballenatos como el de la foto, el cual acompañamos su crecimiento por casi 45 días. Lindo de ver, cuando los primeros días no acercamos, siempre estaba escondido detrás de su madre, ya últimamente se escapaba de la vigilancia materna para venir a curiosear o barco.
Efectivamente, Francas y Yubartas aparecen por aquí en sus migraciones, mas es digno de notar que con el aumento de su población ya no están restrictas solamente a sus lugares habituales, sur de Bahía, con las Yubartas e al sur de Florianópolis con las Francas, aparentemente comenzaran a ocupar paulatinamente, lugares en que antiguamente eran habituales.
Las Orcas, son rarísimas por aquí, mas una o dos veces por año nos visitan. Observaras, que hice un agregado al post, porque me quede con cargo de culpa por no aclarar debidamente, que las Orcas como cualquier cetáceo dentado es un Odontoceti, un delfín (golfinho), otra diferencia entre ballenas y delfines, es que ballenas tienen dos narinas y delfines uno.
De paso agregue un videíto con mis colegas Nariz de Garrafa, esos sí que son increíbles. Tony me alegro que te haya gustado, un abrazo.

Anônimo disse...

como pode ser tão maravilhoso os animais?!
Pena que a maioria dos homens não conseguem ver nada além do dinheiro,acabo cego para as Maravilhas do universo!

Marcos disse...

Marcos Pellegrini

Por favor, quando sai esse passeio para avistagens de baleias?
Gostaria muito de participar.
Por favor, me avise.

Aguardo.
mapediver@gmail.com

CGP disse...

Marcos o passeio não e especificamente de avistagem de cetaceos e grandes cetaceos, já que não se pode afirmar sua avistagem. E um passeio que se realiza com barcos semirigidos de 14 metros en rededor da peninsula, mais são vistas com muita frecuencia, geralmente sua avistagem acontece com precencia de bancos de sardinhas principalmente e no caso das Baleias de Bryde ao movimentos que as maês fazem com seus filhotes ensinado a navegação com pontos de referencia. E sorte mais no custa nada tentar em sua proxima visita, informese na embarcação Libertas e Buziosnauta que agora são do mismo dono, seu escritorio esta na Praia de João Fernandes.

Anônimo disse...

Estava em um navio de cruzeiro e na sexta-feira, dia 24/2/2012, avistei uma baleia, na saída de Búzios. Pelo dorso cinza e barbatana curta, vi nas imagens desse blog que pode ser uma Bryde. Fiquei emocionada.

CGP disse...

Pode ser sim são habituais em nossa região, muita a sorte a tua, geralmente num navio não e facil visualizarlas. Abrazos.

Anônimo disse...

Ontem (24/jun/2012) pude observar um espetáculo de pelo menos 4 baleias se alimentando bem proximo a Buzios. Uma delas chegou a saltar e acredito que era uma Minke mas nao tirei fotos :-)
No local do avistamento a agua estava densa com tanta manjuba. Os bonitos e os agulha faziam a festa e toda ora ocorriam estouros no cardume de manjubas.
rp03@ig.com.br

CGP disse...

Muito provavelmente, não são Mink e sim Baleias de Bryde, comuns em nossas águas e sobre tudo quando como explicas tem sardinhas, por isso seu nome comum Baleia Sardinheiras, nas fotos publicadas tem uma Bryde pulando frente ao barco. Abraços.

Rafael disse...

As baleias continuam a aparecer?

Postar um comentário

Por favor identifique se, onde diz comentar como: escolha as opções, ou poste em Nome/URL. No responderei, perguntas anônimas. Obrigado.